Estúdio de filmes pornôs removerá preservativos digitalmente

camisinhaA indústria de filmes pornôs estadunidense está de mudança da Califórnia para Las Vegas. É que em 2012 o Estado aprovou a Measure B, uma lei que determina que todos os atores utilizem preservativo nas filmagens do ato sexual, o que estaria dificultando as coisas para os produtores e artistas. No entanto, o estúdio de filmes gay Falcon Studios afirma ter uma solução para lidar com o problema.

Segundo informações do The Verge, o estúdio vem testando uma tecnologia que removerá os preservativos digitalmente. Gravado com atores que usaram camisinha, o filme California Dreamin’ 1 será o primeiro a experimentar a nova tecnologia. “As imagens passarão por um detalhado processo de pós-produção para simular a fantasia do sexo sem o preservativo e permanecer verdadeiro perante a filosofia do sexo seguro”, afirmou o diretor do filme, Tony DiMarco, no blog do estúdio [NSFW].

A ideia, segundo o próprio diretor, é capturar a essência do sexo dos anos 1970 e 1980, quando as pessoas levavam uma vida menos preocupada e espontânea. “Diante desse conceito, eu senti que as camisinhas tinham que ser removidas”, defendeu o diretor.

A decisão de utilizar a técnica, que não deixa de ser inusitada, certamente explorou uma lacuna não prevista pela Measure B. Agora a indústria pornográfica poderá explorá-la e continuar produzindo filmes com atores sem preservativos e que realmente vendam.

Apesar da aposta do Falcon Studios, é incerto se a moda vai colar. A empresa não revelou e nem comentou os custos relacionados ao uso da técnica de remoção de preservativos digitalmente – o que pode ser um luxo do qual muitos estúdios não podem usufruir.

Fonte





Artigos Relacionados

Assinar Newsletter

Mantenha-se informado sobre as novidades tecnológicas.

Anuncie conosco

Caso queira anunciar conosco, entre em contato através do email contato@tecnogeek.com.br